domingo, 12 de julho de 2015

A Entidade Porque sou Contra ?


A entidade invocada no filme é

Bagul, também conhecido como Buhguul e Boogie, é o principal antagonista do filme de terror 2012 Sinister (A Entidade título em português). Ele é uma antiga divindade pagã da Babilônia que consome as almas das crianças humanas, e pode viajar em nosso mundo através de imagens de si próprio, isto é, basta você ver uma imagem dele, para que ele entre.



um thriller (suspense/terror) que conta a história de Ellison, um escritor que já teve seus dias de best-seller mas que está em decadência.

Seus livros retratam histórias de crimes reais que não possuem um desfecho e, com seus livros, Ellison encerra o caso, decifrando o quebra cabeça e encontrando o culpado.
Após o seu último livro fracassado, ele resolve se mudar com a sua família para a Pensilvânia atrás de uma nova história. Eles se instalam na casa onde aconteceu o assassinato de uma família, exceto pela filha mais nova do casal.
Só que, chegando a casa nova, ele descobre, no sótão, uma caixa com um projetor e filmes em 8mm
.
Quando Ellison resolve assisti-los, percebe que todos os filmes tratam do mesmo assunto: assassinatos violentos de famílias inteiras, exceto pelo membro mais novo, que sempre desaparecia e nunca mais era encontrado.

Ellison passa a investigar e começa também a perceber que coisas estranhas vão acontecendo em sua casa: ruídos, sombras, noites de terror...
Ele continua a investigar e, após consultar um policial e um famoso professor conhecedor de ocultismo, ele passa a temer por sua própria família.

HEBREUS 9:27 “E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo,”

Religião Falsa ( O filme na verdade quer aprovar estas religiões )

Muitas religiões ensinam que todo humano possui uma alma que passa para o domínio espiritual após a morte do corpo físico. Dizem que o corpo morre, mas a alma não morre. Além disso, afirmam que a alma não pode morrer, que ela é imortal.

Mas a Palavra de Deus não ensina isso. A Bíblia diz que a alma é a pessoa, não alguma coisa dentro da pessoa. Por exemplo, a Bíblia, ao descrever a criação de Adão, declara: “E Jeová Deus passou a formar o homem do pó do solo e a soprar nas suas narinas o fôlego de vida, e o homem veio a ser uma alma vivente.” (
Gênesis 2:7) De modo que não se deu uma alma a Adão; ele era uma alma.

Os animais também são chamados almas. —
Gênesis 1:20, 21, 24, 30.

Visto que a palavra “alma” na Bíblia significa a própria pessoa, não nos deve surpreender que as almas podem morrer e realmente morrem. A Bíblia diz:

“A alma que pecar — ela é que morrerá.” —
Ezequiel 18:4.



“E Sansão passou a dizer: ‘Morra a minha alma com os filisteus.’” —
Juízes 16:30.

“É lícito, no sábado, fazer uma boa ação ou fazer uma má ação, salvar ou matar uma alma?” —
Marcos 3:4.

Outras passagens da Bíblia mostram que as almas podem ser destruídas (
Gênesis 17:14), mortas com espada (Josué 10:37), sufocadas (Jó 7:15) e afogadas (Jonas 2:5). Portanto, a alma morre.

Se ler a Bíblia de capa a capa, nunca encontrará a frase “alma imortal”. A alma humana não é um espírito. O ensino da imortalidade da alma não é bíblico. É um ensino de Satanás e de seus demônios. Jeová odeia todas as mentiras religiosas. —
Provérbios 6:16-19; 1 Timóteo 4:1, 2.

Médiuns Espíritas

Outro modo de Satanás desencaminhar as pessoas é por meio de médiuns. O médium é alguém que pode receber mensagens diretamente do mundo dos espíritos. Muitas pessoas, até mesmo os próprios médiuns, acreditam que essas mensagens procedem dos espíritos das pessoas falecidas. Mas, conforme vimos na Bíblia, isto é impossível. —
Eclesiastes 9:5, 6, 10.

Donde vêm, então, essas mensagens? Dos próprios demônios! Os demônios podem observar a pessoa enquanto ela está em vida; sabem como a pessoa falava, qual era a sua aparência, o que fazia e o que ela sabia. Portanto, é fácil para eles imitar pessoas que já morreram. —
1 Samuel 28:3-19.

Histórias Falsas

Outro modo de Satanás tentar sustentar a mentira a respeito dos mortos é por meio de histórias falsas. Tais histórias com frequência desviam as pessoas da verdade bíblica. —
2 Timóteo 4:4.

Na África, há muitos relatos sobre pessoas serem vistas depois de mortas. Tipicamente, tais aparições se dão longe do lugar onde a pessoa vivia. Mas, perguntemos: ‘Parece razoável uma pessoa, tendo o poder de retornar dentre os mortos, voltar para um lugar longe de sua família e de seus amigos?’

Também, não poderia acontecer que a pessoa vista simplesmente se parece com a pessoa falecida? Por exemplo, dois ministros cristãos que estavam pregando numa região do interior notaram que um senhor idoso os seguiu por várias horas. Quando lhe perguntaram a respeito disto, ficaram sabendo que esse homem pensou que um dos ministros fosse seu irmão que morrera fazia alguns anos. Naturalmente, ele estava enganado, mas não quis acreditar que estava enganado. Pode-se imaginar a história que esse senhor idoso contou mais tarde para seus amigos e vizinhos!

Visões, Sonhos e Vozes

Sem dúvida, sabe de coisas estranhas que pessoas viram, ouviram ou sonharam. Tais experiências sobrenaturais não raro aterrorizam os que as têm. Marein, que morava na África Ocidental, ouvia constantemente a voz de sua avó já falecida chamá-la de noite. Aterrorizada, Marein gritava, acordando todos na casa. Por fim, ela enlouqueceu.

Ora, se os mortos estão realmente vivos, há lógica em eles aterrorizarem seus entes queridos? Naturalmente que não. Tais mensagens prejudiciais vêm dos demônios.

Mas, que dizer das mensagens que parecem ser úteis e consoladoras? Por exemplo, Gbassay, de Serra Leoa, estava doente. Ela teve um sonho em que seu falecido pai lhe apareceu. Ele lhe disse para ir a certa árvore, apanhar uma folha, misturá-la com água e tomá-la. Não devia falar a ninguém antes de fazer isso. Ela fez assim e sarou.

Outra senhora disse que seu falecido marido lhe apareceu certa noite. Ela disse que ele tinha excelente aparência e trajava roupas bonitas.

Estas mensagens e visões parecem boas e úteis. Procedem elas de Deus? Não, não procedem. Jeová é o “Deus da verdade”. (
Salmo 31:5) Ele jamais consentiria que fôssemos enganados ou ludibriados. Só os demônios fazem isso.

Mas, será que existem demônios bons? Não. Mesmo que às vezes pareçam prestativos, todos eles são maus. Quando o Diabo falou com Eva, parecia ser amigo. (
Gênesis 3:1) Mas, qual foi o resultado para ela depois de escutá-lo e fazer o que ele mandara? Ela morreu.

Sabemos que não é incomum uma pessoa má mostrar-se amistosa para com os que ela deseja enganar e lograr. “Dentes brancos, coração negro”, diz um provérbio africano. A Palavra de Deus diz: “O próprio Satanás persiste em transformar-se em anjo de luz.” —
2 Coríntios 11:14.

Deus não mais contata pessoas na terra por meio de sonhos, visões ou vozes do mundo dos espíritos. Ele as orienta e instrui através da Bíblia, que pode tornar alguém “completamente equipado para toda boa obra”. —
2 Timóteo 3:17.

Assim, quando Jeová avisa contra as trapaças de Satanás, ele faz isso porque nos ama. Ele sabe que os demônios são inimigos perigosos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário